Descubra o Segredo para Tirar Fotos Noturnas prr

Descubra o Segredo Para Tirar Fotos Noturnas

Paisagens noturnas são para diversos fotógrafos profissionais ou não, encantadoras. Registrar uma vista durante a noite é um desafio e tanto, porém sabendo as técnicas é perfeitamente possível conseguir um resultado bastante interessante.

Acompanhe meu pequeno passo a passo para realizar paisagens noturnas com qualidade.

O Segredo Para Tirar Fotos Noturnas

1 – Tripé fixo. Se você for mão-firme ao realizar uma panorama com pequena luminosidade, segurando a câmera na mão. Porém se a pretensão é uma retrato verdadeiramente nítido, o ideal é usar um tripé, que manterá a câmera firme ( então é essencial que este seja relativamente consistente ) durante toda a exposição.

2 – Use o controle remoto da câmera. Agora a sua câmera esteja firme e também fixa em cima de um tripé, disso adianta se durante o fechamento do obturador, você movê-la um pouco. O retrato poderá ficar borrado, ainda que quase imperceptível. O resultado é possível que ser realmente melhor se você utilizar um controle remoto para acionar o obturador, desta forma a câmera vai ficar com toda certeza imóvel.

Orientação : Não possui um controle remoto? Não tem problema você pode usar o timer! Componha a imagem, regule aceleramento e também abertura e também portanto programe para câmera disparar em 5seg. Deste modo há tempo para você se distanciar do tripé e também impedir que a câmera balance.

3 – Desligue o estabilizador de imagem. Sabe essa função de evitar tremidos da mão do fotógrafo? Ao fotografar no tripé, essa função fica confusa, porque a câmera já vai estar 100% imóvel. O resultado, com o estabilizador ligado, é possível que ser justamente o oposto. Fiz o teste há um tempo. Fotografei com o VR (sistema de estabilização de imagem da Nikon) ligado usar tripé. Depois reproduzi a imagem com o mesmo desligado.

Veja neste site mais dicas: https://cursocaradafoto.net/

4 – Pequenas aberturas e também foco infinito. Em retrato de paisagens de forma universal, essa informação se aplica bastante muito. Em fotografias noturnas, a pequena franqueza dá um efeito bastante bacana. Além da profundidade de plaino aumentar, os pontos de claridade na retrato, devido à pequena abertura, ficam bastante bonitos. Ocasionalmente ficam deste modo, parecendo estrelinhas.

5 – ISO inferior e também longa exposição. Vamos meditar muito, se sua câmera está paradinha, não existe nenhum motivo para essa exposição tenha que ser rápida. Pensando melhor, não há nenhum motivo para aumentarmos o ISO, portanto!

Constantemente que faço fotografias no tripé, de motivos imóveis (paisagens são um exemplo, porém poderia ser poses também), uso o menor ISO acessível, geralmente o 100. Deste modo terei o supremo de nitidez em minhas fotografias. A longa exposição (que diante disso será regra, conseqüente do ISO grave ), só dará um efeito ainda mas lícito, como as luzes ‘riscadas’ dos carros e fotos de corrida.

Por ultimo, porém não menos essencial …

6 – Nem pense em usar configurações automáticas (auto). Sou um defensor de sistemas facilitadores, como os modos pré-programados. Porém no caso da retrato noturno, a sua câmera não é tão inteligente de forma, para descobrir o que você pretende registrar. O mas provável é que ela dispare o flash, aumente o ISO e também consiga um resultado que certamente não é o que você espera.

Leia também: Qual o Melhor Curso Online de Fotografia Digital

Para os menos experientes, sugiro o seguinte:

  • Coloque a câmera no tripé e também use o timer ou controle remoto;
  • Ajuste o ISO para o mais baixo possível;
  • Use a prioridade de abertura e também diminua o f/stop;
  • Deixe o tempo por conta do fotômetro, que diante dessa config usada, aumentará bastante o tempo de exposição.

 

Fonte: Curso Cara da Foto